Seguidores

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Pontos cantados de Juremeiro

Mestre Cibamba


Vento que venta mas não venta,
Mar que zorra mas não zorra. (bis)
Atrás de mim não tem ninguém, oh meu Deus!
Quem é que tanto me empurra (bis)
Eu sou um caboclo branco
Que vem na linha do mar (bis)
oh vontade de beber
oh vontade de fumar (bis)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...